Logotipo do CBCD - Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
CBCD

O que pode causar a Diverticulite Aguda? Entenda!

01/03/2022

A diverticulite aguda é caracterizada como uma inflamação ou infecção nos divertículos, que são pequenas saculações formadas na parede intestinal. E o que pode causar esse tipo de problema?

No post de hoje vamos falar sobre as causas e explicar como se deve tratar essa alteração no intestino. Acompanhe!

Diverticulite Aguda: O que pode causar?

A diverticulite aguda é a principal complicação que pode se desenvolver em indivíduos portadores de doenças diverticulares. Ocorre mais frequentemente no segmento do intestino grosso chamado de cólon sigmóide, do lado esquerdo do abdômen.

É mais comum em indivíduos com mais de 40 anos de idade, e sua incidência aumenta com o passar dos anos. A doença está associada à prisão de ventre crônica em pessoas que não se alimentam de maneira adequada, com uma dieta pobre em fibras.

A falta de fibras no intestino é o que faz com que as fezes fiquem desidratadas, prejudicando a evacuação, e o aumento crônico das pressões dentro da luz intestinal pode contribuir para o surgimento de divertículos. Outro fator incriminado é o consumo excessivo de carne vermelha.

Assim sendo, podemos dizer que os fatores alimentares podem favorecer a doença, mas existem outras causas. Sabe-se que a doença diverticular (e também a diverticulite aguda) pode se associar a questões genéticas, pois cerca de 1/3 dos casos ocorrem em famílias em que muitos membros desenvolvem a doença.

E não podemos esquecer que a doença também pode estar associada a sedentarismo, obesidade, tabagismo e ingestão de anti-inflamatórios, opiáceos e corticóides.

Quais os sintomas de Diverticulite Aguda?

A maioria dos casos de doença diverticular são pouco sintomáticos, com cólicas e gases que pioram na dependência da alimentação. Já na diverticulite aguda, os sintomas podem ser muito parecidos com uma apendicite do lado esquerdo do abdômen". Além do quadro clínico, são necessários exames radiológicos para se estabelecer o diagnóstico e a gravidade da situação. Os sintomas mais comuns podem ser:

  • Dor abdominal do lado esquerdo;
  • Febre e calafrios;
  • Perda de apetite;
  • Sintomas urinários (dor na bexiga);
  • Quadros de peritonite.

Assim, verifica-se que os sinais e sintomas podem variar de acordo com a intensidade da inflamação e da infecção. Então, torna-se necessário consultar imediatamente um especialista (coloproctologista, cirurgião do aparelho digestivo ou gastroenterologista) para que os sintomas possam ser avaliados, para efetuar o diagnóstico e assim indicar a melhor forma de tratamento para cada caso.

Como funciona o Tratamento?

O tratamento de diverticulite aguda levará em consideração a gravidade dos sintomas e o que levou o paciente a ter a doença, ou seja, as potenciais causas da inflamação.

Em geral, são indicados medicamentos antiespasmódicos, outros sintomáticos e até antibióticos para amenizar o desconforto e prevenir uma piora da infecção. Anti-inflamatórios são considerados uma contraindicação no tratamento desses doentes.

Porém, também é importante cuidar da alimentação. Por isso, o médico poderá indicar um incremento de fibras na alimentação nos casos de doença diverticular sem complicações. Nos casos de diverticulite aguda, recomenda-se um certo repouso alimentar até que a infecção se atenue. E assim, conforme forem diminuindo os sintomas, retomar aos poucos as refeições normais.

Você já teve diverticulite aguda? Já conhecia as causas? Deixe um comentário abaixo!

Foto do Dr. Agnaldo Soares Lima.
Sobre o autor
Dr. Fábio Guilherme Campos
Titulações: Professor Livre-Docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Coloproctologia; Ex-Presidente da Sociedade Paulista de Vídeo-Cirurgia. Médico-Assistente da Disciplina de Coloproctologia do HC_FMUSP.
Está precisando de um Cirurgião Digestivo na sua região?
Busque um especialista clicando aqui!
Doutores | CBCD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira o Instagram do CBCD!
/cbcdigestivo
Siga o CBCD no Instagram!

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Direitos reservados CBCD Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva © 2024
Site atualizado em:
16:06 | 21/02/2024
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram