Logotipo do CBCD - Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
CBCD

Apendicectomia: Conheça os cuidados pré e pós-operatórios

30/01/2023

A apendicectomia é a cirurgia de retirada do apêndice cecal em casos de inflamação ou infecção, na qual chamamos de apendicite aguda.

No post de hoje, falaremos um pouco mais sobre esse assunto, principalmente sobre os cuidados necessários no período pré e pós-operatório. Acompanhe a seguir!

Qual é a função do apêndice?

Antes de falar da cirurgia, vamos explicar como funciona o apêndice. O órgão mede cerca de 10 cm e está ligado à primeira parte do intestino grosso e próximo ao local de ligação entre o intestino delgado e o grosso.

Também chamado de apêndice vermiforme, é semelhante a uma bolsa pequena em forma de tubo, localizada sob a região inferior direita do abdômen.

Pesquisas comprovam que o apêndice apresenta células linfoides, sendo importantes para auxiliar o organismo no combate às infecções, fortalecendo o sistema imune.

Essas células se acumulam e ajudam na maturação de outras células do sistema imune, com a formação de anticorpos, importantes na eliminação de vírus e bactérias de outras partes do corpo, como por exemplo, a boca, órgãos genitais e os olhos.

Além disso, o apêndice também funciona como o depósito de bactérias boas para o intestino e costuma agir em casos de alterações.

Quando a cirurgia do apêndice é indicada?

Conforme dissemos, a apendicectomia é indicada quando ocorre a inflamação do apêndice, também chamada de apendicite aguda, tendo como principais sintomas:

  • Dor abdominal de média a forte intensidade (principalmente localizada na parte inferior direita do abdome);
  • Mal-estar e perda de apetite;
  • Febre.

Geralmente, o diagnóstico é feito por meio do exame clínico, além de exames de imagem, como a ultrassonografia ou tomografia computadorizada.

A cirurgia é o tratamento padrão. É realizada sob anestesia geral ou raqui anestesia. Quando o caso não apresenta um nível alto de complicação, demora cerca de 30 minutos a uma hora para ser finalizada. Em casos onde existem complicações mais sérias, o tempo pode ser superior.

São duas as formas de realizar o procedimento: videolaparoscopia ou convencional (aberta). A cirurgia laparoscópica é menos invasiva, pois são feitas pequenas incisões no abdômen por onde o cirurgião introduz os instrumentos e uma câmera para visualização interior.

Já na cirurgia convencional, o cirurgião realiza uma incisão maior, de 5 centímetros, na lateral direita do abdômen, e o apêndice é retirado de forma manual. Isso faz com que o tempo de recuperação do paciente seja maior.

Como funcionam o pré e pós-operatório?

Pré-operatório

Dependendo da gravidade da doença, como nos casos onde ela está evoluindo mais rápido, com a possibilidade de evoluir para uma infecção generalizada, a cirurgia deve ser feita com a maior brevidade possível. Nestes casos, e eventualmente pode-se abrir mão do tempo de jejum oral antes da anestesia. 

Porém, quando o quadro é inicial e o paciente encontra-se estável, o procedimento pode ser programado e deve ser realizado um jejum de comida de pelo menos 8 horas para garantir a segurança.

Pós-operatório

Quando a doença não estava em um estágio avançado, o paciente geralmente tem uma boa recuperação, podendo variar de dois a quatro dias, dependendo da técnica utilizada e a resposta do organismo.

Uma semana depois, é necessário retornar ao médico para saber como está reagindo. Cerca de 14 dias após a consulta, já é possível retomar aos poucos as atividades diárias, mas evitando esforços físicos.

É importante também manter uma alimentação saudável, rica em legumes, carne branca e frutas, além da ingestão de uma quantidade de líquido considerável, como suco ou água.

A dieta deve conter alimentos ricos em fibras, como cereais e aveia para ajudar no bom funcionamento intestinal.

Você já precisou realizar a apendicectomia? O pré e pós-operatório foram tranquilos?

Deixe um comentário e aproveite para compartilhar!

Foto do Dr. Agnaldo Soares Lima.
Sobre o autor
Dr. Leandro Cardoso Barchi
Titulações: MESTRE E DOUTOR EM CIRURGIA DIGESTIVA, PROFESSOR DE CIRURGIA DA FACULDADE DE MEDICINA SÃO LEOPOLDO MANDIC, PÓS-GRADUADO PELA HARVARD MEDICAL SCHOOL Conta instagram: @leandrobarchi
Está precisando de um Cirurgião Digestivo na sua região?
Busque um especialista clicando aqui!
Doutores | CBCD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira o Instagram do CBCD!
/cbcdigestivo
Siga o CBCD no Instagram!

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Direitos reservados CBCD Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva © 2024
Site atualizado em:
16:06 | 21/02/2024
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram